Corinthians x Cruzeiro

Barcos e Thiago Neves

Salve guerreiros! Após excelente vitória no última fim de semana sobre o Atlético-PR pelo Brasileirão, o Cruzeirão Cabuloso voltou a jogar em São Paulo contra o Corinthians pela rodada seguinte. O que foi visto ontem pareceu déjà vu.

Bem como na temporada anterior, a Raposa dominou o jogo, criou mais chances mas acabou derrotada. Pareceu até o time do Paulo Bento nas devidas proporções. O time, apesar de lento e toques simples, conseguiu criar as chances de gol mais reais da partida no Itaqueirão. Os gols sofridos são resultado de falhas individuais juntamente com incompetência da arbitragem.

O árbitro da partida perdeu critério no decorrer da partida e não marcou, por exemplo, falta no Manoel em um dos gols (Dedé foi um dos poupados do jogo). De qualquer forma ele deveria ter ganhado no rebote. Em outro gol, time parecia sem laterais já que jogadores rivais tiveram total liberdade para jogar nos lados do campo.

Resumindo: Cruzeiro mais uma vez dominou jogo em São Paulo mas perdeu novamente. Como jogar bem não dá pontos, o time permanece com 24 pontos mas em 5º lugar. Fim de semana será dia de clássico nacional no Mineirão contra o tricolor rival do Corinthians. Além de ser mais uma final (das 38 finais), é de suma importância para que o time estrelado não veja rival carioca disparar na liderança, além é claro dos outros rivais que disputam G-4.
Além da torcida ter que comparecer na Toca III, o Cruzeiro precisa ser eficiente na finalização e vencer o jogo para voltar a pontuar; com ou sem revezamento de atletas.

CORINTHIANS 2 X 0 CRUZEIRO
Motivo: 15ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 25/07/2018 (quarta-feira) – 21:45 horas
Local: Itaqueirão, em São Paulo-SP
Público: 21.031 pagantes / 21.307 presentes
Renda: R$ 840.676,01
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior – PR (CBF)
Gols: Angel Romero, aos 16 e aos 34 minutos do 2º tempo
Corinthians: Cássio; Fagner, Leo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel, Douglas, Romero, Jadson (Paulo Roberto) e Clayson (Matheus Vital); Jonathas (Pedrinho). Técnico: Osmar Loss
Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero, Manoel, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Silva (Robinho); Bruno Silva (De Arrascaeta), Thiago Neves e Rafinha; Barcos. Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Lucas Romero e Lucas Silva (Cruzeiro)

Por Sidney Júnior 

Sidney Jr

Сидней Жу́ниор  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *