Empate com sabor de vitória (Cruzeiro 1 x 1 Atlético)

De Arrascaeta comemora seu gol com Robinho e Lucas Silva. Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

Salve guerreiros! Após um mês de inter temporada, o Cruzeirão Cabuloso voltou a fazer um jogo oficial. Após derrota e empate em amistosos contra o Corinthians e outro empate contra o Coimbra em jogo-treino, o Maior de Minas enfrentou o Atlético pela Copa do Brasil.

A Raposa já havia vencido o rival paranaense em 16 de maio em plena Arena da Baixada por 2 a 1 e soube administrar bem a vantagem. Aliás, falar que time administrou nos dá a impressão que time jogou para empatar, o que não foi a verdade.

Antes do início do duelo, o meia Rafinha recebeu uma placa das mãos do presidente Wagner Pires de Sá em comemoração pelos 100 jogos com a camisa estrelada. Ele atingiu a marca no primeiro amistoso contra o Corinthians no último dia 4 de julho. Já no intervalo, foi a vez do atacante Barcos, novo reforço celeste, pisar no gramado da Toca III pela primeira vez com o manto estrelado para saudar a China Azul. O Pirata também tirou fotos com Sócios do Futebol.

Quanto ao jogo em si, o Atlético jogou bem: marcou pressão na saída de bola celeste e trocou muitos passes (muitas vezes sem objetividade); e o Cruzeiro conseguiu abrir o placar apenas na segunda etapa com De Arrascaeta. O gringo que jogou a Copa do Mundo pela seleção uruguaia fez um belo gol após assistência de Robinho que foi lançado por Raniel.

Apesar do gol ter saído aos 40 da segunda etapa, a defesa celeste bobeou e viu rival arrancar um empate aos 46 minutos. Tarde para uma reação e felicidade para os mais de 40 mil presentes na Toca III que comemoraram a classificação para as quartas-de-finais da Copa do Brasil.

Com o avanço na competição, o Cruzeirão Cabuloso recebe premiação de R$ 3 milhões e se prepara para voltar o foco para o Campeonato Brasileiro: enfrenta o América-MG quinta às 19:30 horas e, de novo, o Atlético-PR domingo às 19:00 horas sendo os dois jogos no Mineirão. No Brasileirão o Cruzeiro está em 8º lugar e precisa pontuar para voltar ao G-4 e, quem sabe, tentar e conseguir o penta no campeonato nacional.

CRUZEIRO 1 X 1 ATLÉTICO-PR
Motivo: Jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil
Data: 16/07/2018 (segunda-feira) – 20 horas
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Público pagante: 39.784
Público presente: 44.443
Renda: R$ 638.477,00
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Gols: De Arrascaeta (Cruzeiro) aos 40 minutos do segundo tempo e Bergson (Atlético-PR) aos 46 do segundo tempo
Cruzeiro: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Rafinha (Robinho), Thiago Neves (Raniel) e De Arrascaeta; Rafael Sóbis (David). Técnico: Mano Menezes
Atlético-PR: Santos; Jonathan (Bergson), Thiago Heleno, Paulo André e Renan Lodi; Bruno Guimarães, Lucho González (Marcinho) e Rossetto; Nikão, Raphael Veiga (Guilherme) e Pablo. Técnico: Tiago Nunes
Cartões amarelos: Thiago Neves e Raniel (Cruzeiro); Bruno Guimarães e Renan (Atlético-PR)

Por Sidney Júnior

Sidney Jr

Сидней Жу́ниор  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *